Saturday, December 12, 2009

São Saudades dum Amor Prefeito

São dos beijos das noites quentes
Os meus desejos!
São das saudades infinitas do teu toque
As minhas vontades!
São da beleza dos teus olhos, o teu olhar
A minha tristeza!
São dos carinhos trocados
Os meus choros!

Onde me afogo numa saudade de fogo
Que vai mais além dos cosmos em flor.
Num paraíso feito de riso,
Num lago de água doce,
Num dia de eternidade
Que não chega ao início nem acaba no final.
Continuamente a emoção de um amor
Aqui no peito.
Jamais se apagará um amor tão perfeito.

São as saudades de nos amarmos
As minhas paixões!
São dos teus lábios sensuais
As minhas tentações!
São os olores da tua pele
As minhas emoções!
São os teus risos soltos
As minhas recordações!

Numa tarde de verão, em festa,
Numa noite aberta ao luar
Convidativa à nossa emoção
Com um chá de rosas
Enfeitiçamos nosso amor,
Numa loucura desenfreada.
Para que todos os anos que passem
E os que estarão para chegar
Nunca se extingam de nossa memória
Teu amor por mim
Meu amor por ti.
Jamais se apagará um amor tão perfeito.

Restando somente as saudades... Que, são, dum amor-perfeito.

2 comments:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA said...

Estimada Amiga e Ilustre Poetisa Alcina,

QUANTAS SAUDADES ENCERRA ESTE MARAVILHOSO POEMA, TANTAS QUE ME FEZ RECUAR NO TEMPO E ME FAZER RECORDAR AQUELE QUE PENSAVA TER SIDO UM AMOR PERFEITO.
É LINDO E BELO ESTE SEU POEMA, NO QUAL POSSO DEDUZIR OS SENTIMENTOS, TAL COM O PRIMEIRO AMOR NUNCA SERÁ ESQUECIDO, ASSIM SE PASSA QUANDO SE TEM UM AMOR PERFEITO.
ADOREI.
UM ABRAÇO AMIGO

cina said...

Kam obrigado pela atencao e pelo lindo amavel comentario.

Beijinhos